A PREVALÊNCIA DA TUBERCULOSE NA POPULAÇÃO PRETA E PARDA EM GOIÁS NO ANO DE 2020

Autores

  • Fernanda Ferreira Mendonca Unifimes Trindade
  • Fernando Gabriel Santos Lima UNIFIMES TRINDADE
  • Millena Santana da Silva Marcos UNIFIMES TRINDADE
  • Gabriella Serravalle Fonseca UNIFIMES TRINDADE
  • Isadora De Paula Souza UNIFIMES TRINDADE
  • Paula Maria Trabuco Sousa UNIFIMES TRINDADE

Palavras-chave:

tuberculose, atenção básica, sus, vulnerabilidade

Resumo

O SUS permite aos usuários o direito à saúde respeitando suas características especiais e proporciona harmonia no cuidado prestado a eles. Segundo o filósofo francês Michel Foucault, sobre a medicina social alemã, que o Estado acumula conhecimentos para ocupar as funções de instituições políticas, pois porta informações e controla o processo saúde-doença das pessoas, semelhante ao que presencia o SUS brasileiro. Porém, mesmo que sejam garantidos os princípios de universalidade, integridade e equidade impostos pelo SUS, o cumprimento desses conceitos é difícil, pois fatores históricos relacionados à formação do povo brasileiro confirma a existência de entraves que o impossibilitam de alcançar a execução de direitos adquiridos. Da Matta destacou em seu livro os reais motivos do descumprimento dos princípios básicos estabelecidos pelo SUS relacionados aos prejuízos aos grupos marginalizados pela posição dominante do grupo majoritário. O objetivo deste trabalho é compreender a real causa da epidemia de tuberculose entre negros e pardos no Estado de Goiás. Foi realizada uma revisão da literatura, utilizando a plataforma SCIELO como ferramentas de pesquisa, e artigos publicados entre 2020 e 2021, com o termo descritivo: tuberculose. Além disso, foram utilizados documentos oficiais do Ministério da Saúde do Brasil de 2020 a 2021. A revisão concluiu que o Brasil ainda é um país com epidemia de tuberculose preocupante, por ser bastante incidente e ligadas as vulnerabilidades econômicas e sociais e que não segue as principais diretrizes do SUS, sendo necessário desenvolver e implementar projetos e campanhas muito eficazes na luta contra a tuberculose.

Downloads

Publicado

2022-01-31