ESTRESSE, ANSIEDADE E DEPRESSÃO DE TRABALHADORES DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO E AS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE

Autores

  • Eduarda Lopes dos Santos Grupo de Pesquisa Neurophys, Escola Superior de Educaçao Física, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil
  • Bicca Ribeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (Campus Rio Grande)
  • Felipe Camerini Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil
  • Oliveira Touguinha Escola Superior de Educação Física, Universidade Federal de Pelotas
  • Luciane Higa Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil
  • Fernanda De Souza Teixeira Federal University of Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.35685/revintera.v6i1.2849

Palavras-chave:

Saúde do Trabalhador, Saúde Pública, Saúde Mental, Terapias não-farmacológicas, Medicina complementar e alternativa

Resumo

Trata-se de um estudo descritivo transversal que visa conhecer os níveis de estresse, ansiedade e depressão de trabalhadores de um hospital universitário do sul do Brasil, bem como, sua aproximação e interesse em práticas integrativas e complementares em saúde (PICS) preconizadas pela Organização Mundial da Saúde e pelo Ministério da Saúde. Os dados foram coletados mediante um questionário virtual com questões que versaram sobre dados sociodemográficos, de saúde, níveis de depressão, ansiedade e estresse, mediante o uso da escala breve de depressão, ansiedade e estresse (DASS-21); dados ocupacionais e, sobre PICS. Realizou-se análise descritiva e análise de associações entre dispor ou não de estresse, ansiedade e depressão em relação à idade, renda familiar, escolaridade, tempo de atuação no hospital e ter ou não companheiro(a) mediante o teste do Exato de Fisher (p<0,05). Participaram da pesquisa 319 trabalhadores. Os resultados indicam a presença de sofrimentos psíquicos em aproximadamente 30% dos participantes, prioritariamente em níveis leves e moderados; com ao menos 70% da amostra fazendo uso pessoal de PICS e manifestando interesse em vivências e/ou formações sobre a temática. Observa-se também, que 30% dos participantes já têm formação em alguma PICS, sendo esta uma estratégia possível de ser analisada para a prevenção, promoção e recuperação de saúde desse coletivo.

Biografia do Autor

Eduarda Lopes dos Santos, Grupo de Pesquisa Neurophys, Escola Superior de Educaçao Física, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil

Acadêmica de Educaçao Física, Bolsista de iniciação científica CNPQ, membro do grupo de Pesquisa Neurophys, Escola Superior de Educaçao Física, Universidade Federal de Pelotas.

Bicca Ribeiro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (Campus Rio Grande)

Doutor em Educação Física, docente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS - Campus Rio Grande), pesquisador do Grupo de Pesquisa em Educação Física e Educação  e do Grupo de Investigação em Pedagogia Universitária da Universidade Federal de Pelotas. 

Felipe Camerini, Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil

Engenheiro doutor em Ciência de Alimentos com especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho.

Oliveira Touguinha, Escola Superior de Educação Física, Universidade Federal de Pelotas

Acadêmica de Educaçao Física com ações de iniciação cient´ífica apoiadas pelo Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas e CNPQ.

Luciane Higa, Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil

Enfermeira, especialista em Pesquisa Clínica, exerce atualmente o cargo de Assistente Administrativa no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas. 

Downloads

Publicado

10-04-2024

Como Citar

LOPES DOS SANTOS, Eduarda; BICCA RIBEIRO, Jose Antonio; CAMERINI, Felipe; OLIVEIRA TOUGUINHA, Luisa; HIGA, Luciane; DE SOUZA TEIXEIRA, Fernanda. ESTRESSE, ANSIEDADE E DEPRESSÃO DE TRABALHADORES DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO E AS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE. Revista Interação Interdisciplinar (ISSN: 2526-9550), [S. l.], v. 6, n. 1, p. 14–28, 2024. DOI: 10.35685/revintera.v6i1.2849. Disponível em: https://publicacoes.unifimes.edu.br:443/index.php/interacao/article/view/2849. Acesso em: 13 jul. 2024.