CARACTERIZAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA E EM ENGENHARIA AGRONÔMICA NO ESTADO DE GOIÁS

Autores

  • Gabriel Brom Vilela Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES
  • Heitor Araújo Rezende Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES
  • Eric Mateus Nascimento de Paula Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES

DOI:

https://doi.org/10.35685/revintera.v5i1.2358

Palavras-chave:

Agrônomos, Educação, Engenheiros Agrônomos, Ensino superior, Faculdades

Resumo

O ensino da agronomia é uma forma de preparar futuros profissionais para gerenciar e desenvolver sistemas agrícolas de forma eficiente e sustentável. A avaliação dos cursos de Agronomia é importante para garantir que eles estejam preparando os estudantes com as habilidades e conhecimentos necessários para atuar como agrônomos de forma eficiente e sustentável, e para contribuir para o desenvolvimento sustentável do país. Desta forma, o presente trabalho tem por objetivo avaliar e caracterizar o perfil dos cursos de graduação em Agronomia e em Engenharia Agronômica em atividade no Brasil. Para tanto, um estudo descritivo e que combina abordagens quantitativas e qualitativas foi realizado, utilizando pesquisa e análise de documentos disponíveis sobre os cursos de graduação em Agronomia e Engenharia Agronômica, do Estado de Goiás, registrados no e-MEC. As seguintes informações foram coletas e tabuladas: cidade, modalidade, categoria administrativa, ano de início do funcionamento, quantitativo de vagas, turno de oferecimento, periodicidade, tempo de integralizado e carga horária total. Foram contabilizados um total de 54 cursos, sendo 39 presenciais e 15 na modalidade à distância (EaD). Os cursos presenciais estão distribuídos em 26 municípios. 66,67% das IES em Goiás que ofertam o curso de Engenharia Agronômica e Agronomia são ligadas a iniciativa privada. São ofertadas anualmente um total de 41.338 vagas. O primeiro curso criado data do ano de 1963. 2018 foi o ano com o maior número de cursos criados, sendo cinco presenciais e quatro à distância. A carga horária média dos cursos foi de 3952 horas. 94,44% dos cursos estabelecem o mínimo de cinco anos para a conclusão. E 38,18% são oferecidos no regime noturno. Conclui-se que os cursos são oferecidos principalmente no interior, ligados a IES privadas com fins lucrativos e com a maioria das vagas ofertadas em EaD, de modo a atender uma demanda dos estudantes quanto a um melhor acesso ao estudo e conciliação com o trabalho.

Biografia do Autor

Eric Mateus Nascimento de Paula, Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES

<br data-mce-bogus="1">

Downloads

Publicado

10-08-2023

Como Citar

BROM VILELA, Gabriel; ARAÚJO REZENDE, Heitor; NASCIMENTO DE PAULA, Eric Mateus. CARACTERIZAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA E EM ENGENHARIA AGRONÔMICA NO ESTADO DE GOIÁS. Revista Interação Interdisciplinar (ISSN: 2526-9550), [S. l.], v. 5, n. 1, p. 73–88, 2023. DOI: 10.35685/revintera.v5i1.2358. Disponível em: https://publicacoes.unifimes.edu.br:443/index.php/interacao/article/view/2358. Acesso em: 21 jun. 2024.