GEOHELMINTOS ZOONÓTICOS EM PRAÇAS EOU PARQUES PÚBLICOS DE MINEIROS, PORTELÂNDIA E SANTA RITA DO ARAGUAIA

Autores

  • SAMARA MOREIRA FELIZARDA Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES
  • Mayra Parreira Oliveira
  • Gabriela Regina Silveira do Nascimento
  • Alice Caroline da Silva Rocha
  • Dirceu Guilherme de Souza Ramos
  • Ísis Assis Braga

Palavras-chave:

Ancylostoma sp., Geohelmintíases, Toxocara sp., Zoonose

Resumo

Os geohelmintos zoonóticos, Ancylostoma sp. e Toxocara sp., se tratam de parasitas gastrintestinais em seus hospedeiros definitivos, cães domésticos, que acidentalmente são capazes de infectar os seres humanos, causando as respectivas síndromes, Larva Migrans Cutânea (LMC) e Larva Migrans Visceral (LMV). Com base nisto, o objetivo deste trabalho é demonstrar a prevalência de contaminação em amostras fecais coletadas de praças e parques das cidades de Mineiros, Portelândia e Santa Rita do Araguaia, do estado de Goiás. Para tanto, realizamos coletas em 11 praças, parques ou áreas de lazer nestes municípios, totalizando 42 amostras fecais para avaliação. Através da técnica coproparasitológica Willis-Molay, pelos métodos de Flutuação Simples e Sedimentação Simples, foram identificadas 33 amostras positivas para Ancylostoma sp. e destas 2 amostras positivas para contaminação mista por Ancylostoma sp. e Toxocara sp. Sendo assim, por meio dos resultados obtidos, é possível afirmar que há a contaminação por geohelmintos nesses ambientes de lazer destas cidades do sudoeste goiano, ressaltando-se a necessidade de aplicação de medidas para controle e prevenção da circulação destes parasitas entre a população animal e humana, pois se tratam de potenciais zoonoses preocupantes em vistas à saúde pública.

Downloads

Publicado

2022-01-31