TRATAMENTO DA ESQUIZOFRENIA REFRATÁRIA COM CLOZAPINA

Autores

  • Tânia Pacheco dos Santos Unifimes
  • Isadora da Silva Gomes
  • Carlos Antônio Carvalhaes filho
  • Lucas Zaltron Nascimento
  • Laressa Brunna Couto
  • Armante Campos Guimarães Neto

Palavras-chave:

Eletroconvulsoterapia, Refratariedade, Clozapina, Tratamento, Esquizofrenia

Resumo

A esquizofrenia é considerada um tipo de psicose crônica com domínio de sintomas positivos, negativos e cognitivos, apresentando característica de ilusões, alucinações, transtornos de fala e pensamento. Das pessoas diagnosticadas, 20 a 30%, apresentam uma esquizofrenia resistente, ou seja, sem resposta ao controle de sintomas com pelo menos dois tipos antipsicóticos diferentes. Na maioria dos casos o uso de clozapina consegue controlar os sintomas. No entanto, 30 a 40%, destes casos não respondem a este antipsicótico. 

Downloads

Publicado

2022-01-31